Startup Semantix anuncia solução que permite prever custos, avaliar resultados e probabilidade de riscos em processos judiciais

Especialista em Big Data, internet das coisas (IoT) e inteligência artificial (IA), a Semantix desenvolveu a solução Aijus, que usa ferramentas de Machine Learning e IA para analisar dados vindos de processos jurídicos e prever resultados, riscos e identificar jurisprudências e futuros gastos com ações em andamento.

Frente a uma realidade brasileira que fechou 2016 com mais de 79,7 milhões de processos em tramitação, segundo o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a Semantix viu nesse cenário uma oportunidade de apresentar uma saída específica para o setor. A tecnologia faz uso de uma abundância de dados vindos de diversas fontes como Procon, CRM, tribunais de justiça, diários oficiais, entre outros.

Para Anderson Paulucci, CTO da Semantix, o volume de informações movimentado durante os trâmites jurídicos representa um grande potencial para que a análise de dados gere algoritmos e insights que impactem de forma direta grandes companhias. Segundo estudo do Valor Econômico, as companhias chegam a usar quase 2% de suas receitas com demandas no Judiciário.

Veja mais no site ITFórum